Publicidade

Single Tasking: aumente a sua produtividade através do foco

Single tasking. Se existe algo te agrega muita qualidade no trabalho e aumento de produtividade, é o single tasking. E não entenda mal, ele não torna as suas outras ferramentas ou técnicas de produtividade dispensáveis. Mas, se você só pudesse escolher uma prática, nenhuma outra traria tantos benefícios quanto essa.

Como o multitasking atrapalha a sua vida

Antes de falarmos sobre o single tasking, é preciso trazer a mesa um assunto que é bastante conhecido: o multitasking. Essa prática que é tão conhecida de se fazer várias coisas ao mesmo tempo.

Muitas pessoas se orgulham de serem multitaskers. Mas elas não deviam (se você é uma delas, pare com isso). Tentar fazer várias coisas ao mesmo tempo é prejudicial para a sua produtividade. E notem que a frase anterior começou com a palavra “tentar”. Isso porque, quem busca ganhar tempo focando em várias atividades simultaneamente, acaba por não focar em nenhuma. E isso gera uma enorme perda de produtividade.

Você pode até não perceber essa perda, mas ela acontece. E isso ocorre devido a forma com que o seu cérebro funciona. Pode até parecer que você está fazendo várias coisas ao mesmo tempo, mas não está. Durante o multitasking, o que você realmente faz é trocar de atividades em curtos períodos de tempo. As vezes, tentando executar várias tarefas em um minuto, por exemplo.

É impossível fazer duas atividades ao mesmo tempo, porque o seu cérebro precisa lidar com uma coisa de cada vez, por mais que você queira o contrário. Então você pergunta: “Certo, mas qual o problema de trocar de atividades de forma rápida?” – E a resposta é simples: você perde muito tempo (mesmo que não perceba) e não faz o que devia fazer, com a competência que poderia.

A perda de foco é a perda de produtividade

E isso acontece por dois motivos. O primeiro é que você perde tempo entre as trocas de atividade. Mesmo que seja entre a troca de abas de um navegador, por exemplo. E esse tempo perdido pode ser a porta de entrada da procrastinação. Mas isso é outro assunto. O principal ponto é que você perde tempo trocando de tarefas. E, mesmo que pareça pouco, quando você soma tudo no final do mês, vê que perdeu muito tempo.

O segundo ponto é que o seu cérebro precisa de um tempo para se focar totalmente em uma atividade. Para se focar de verdade. Sabe quando a sua concentração é tão grande que você nem vê o tempo passar? Bem, isso só acontece quando você está sendo, realmente, produtivo.

Afinal você está totalmente focado naquela tarefa. Isso não apenas aumenta a sua eficiência, mas também aumenta a qualidade e diminui o tempo necessário para completar as suas atividades. 

Quando você muda de uma tarefa para a outra, o seu cérebro perde o foco e leva um tempo até poder retomá-lo. Algumas pesquisas dizem que são 14 minutos. Outras dizem 12. Mas o que importa é: você leva vários minutos para se concentrar em uma tarefa. Ao ficar trocando de tarefas, você joga esse tempo fora. E perder tempo é perder produtividade.

O que é o single tasking

O single tasking é o oposto do multitasking. Ou seja: é focar em uma coisa por vez. Assim, você se permite total dedicação à atividade que está executando, e evita perder tempo com outras coisas, distrações, ou fazendo com que o seu cérebro precise mudar de foco.

Dessa maneira, você não apenas otimiza o tempo que tem disponível. Você também aproveita melhor o esforço que o seu cérebro fez, para se concentrar em uma tarefa.

Portanto, a recomendação é que você abandone o multitasking e abrace o single tasking. Dessa maneira, a sua produtividade aumentará dramaticamente.

“Mas como faço quando tenho um dia cheio de tarefas?” – E a resposta para isso é bastante simples: defina prioridades (um assunto que ainda abordaremos por aqui). O que precisa ser entregue primeiro? O que é mais importante? Claro que isso pode parecer difícil, mas não se engane… você vai fazer uma coisa por vez de qualquer jeito. Você pode escolher entre executar uma atividade por vez de forma consciente, ou se enganar e perder tempo.

E ninguém quer isso, certo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba dicas de produtividade

Siga-nos no instagram @thehackmode